O ágil esta morto? Não! Vivo mesmo, está o modelo da Balburdia!

Olá!
Recentemente, surgiram alguns artigos sugerindo que o modelo Agile está morto.
Morto não está, mas se estiver, poderemos recorrer à “Melisandre”, que por muito menos ressuscitou “John Snow” (série Game of Thrones).
Voltando ao modelo “vivinho da silva” – Balburdia
O modelo Balburdia esta fortemente presente por aí, embora muitos não admitam.
O modelo Balburdia tem um custo muito menor, afinal, a preocupação extrema com preço, é altamente pertinente em tempos de crise.
No modelo Balburdia, não existe PMI, Scrum Alliance, Babok… Existe apenas a boa e deliciosa Balburdia.
Preocupação com prazos, por quê? Não faz sentido, pois sempre entregamos atrasados. Isso quando entregamos.
Quanto aos custos, isto é bobagem pura, pois praticamos o menor preço a qualquer custo.
Escopo? No modelo Balburdia, escopo significa: algo sem importância, que será entregue com atraso, gerando zero valor.
No modelo Balburdia, a relação com o cliente é realizada com apoio de medicamentos, pois estresse é algo que precisa de remédio. E como pregamos o modelo Balburdia, não precisamos de médico para prescrever, pois qualquer auxiliar de estagiário de medicina pode fazê-lo. Receita? Que receita?
E o bom do modelo Balburdia, é que apesar de dominar o mercado, com um share extremamente significativo, ele não aparece nas estatísticas oficiais, porque todo mundo sempre (pensa que )usa um modelo: clássico, ágil ou híbrido CUSTOMIZADO.
Aliás, você já conferiu o seu gráfico de BalburdiaDown hoje?

Taxistas de Campinas criam app Bee Taxi – Espírito Agile

Olá!

Em vez de reclamações sobre o Uber, eles estão tentando criar algo melhor, oferecendo vantagens para os consumidores, taxistas e demais envolvidos.

Veja no portal G1:

https://www.google.com.br/amp/g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2016/08/taxistas-desenvolvem-aplicativo-para-roubar-clientes-perdidos-para-uber.amp
Um exemplo para todos nós, que diante de um problema complexo, eles reuniram as condições abaixo:

– Somatória de esforços

– Colaboração

– Decisões compartilhadas

Isto é o espírito do Agile. Colaborar para produzir resultados.

Não entendeu?

Não sabe o que é Agile?

Quer saber mais sobre Gestão Ágil?

Envie email para canaldevbr@outlook.com

Estamos à disposição.

12 dicas para uma sprint retrospective meeting efetiva (parte I)

Olá!

É uma cerimônia do Scrum bem negligenciada, infelizmente.

Ela propicia melhoria contínua, e não existe Agile sem melhoria contínua.

Veja mais no blog da Adaptworks:

http://blog.adaptworks.com.br/2016/08/12-dicas-para-uma-sprint-retrospective-meeting-efetiva/

A leitura é uma ferramenta básica para qualquer agilista, devemos ter isto em mente, ela também propicia melhoria continua.

Trabalhar menos horas aumenta produtividade? Consultoria sugere que sim

Olá!

Talvez até por um motivo bem simples: cargas horas extensas são mais exaustivas. E devemos lembrar que existe vida além do trabalho:família, amigos, lazer…

Veja no portal UOL:

http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2016/08/15/trabalhar-menos-horas-aumenta-produtividade-consultoria-sugere-que-sim.htm

Vamos focar na qualidade do trabalho e nos resultados entregues.

Especial: 6 coisas que desenvolvedores de software valorizam em um emprego

Olá!

Estas coisas vão muito além do: ordenado + vale transporte… Vamos pensar nisso, empresas contratantes, não basta exigir qualificação, tem que oferecer contrapartidas.

Veja no portal Idgnow:

http://idgnow.com.br/internet/2016/08/19/especial-6-coisas-que-desenvolvedores-de-software-valorizam-em-um-emprego/

E outros pontos, como: boas condições de trabalho, respeito, flexibilidade de horário, mobília de qualidade, refeições, oportunidades de crescimento, remuneração adequada, autonomia…

 

 

 

Falamos muito de times, mas e os indivíduos?

Olá!
Um bom time compartilha as decisões, discute, aprende, ensina e produz resultados frequentemente.
Antes do time, temos os indivíduos. Vou falar de um indivíduo em especial.
Precisamente, vou falar sobre a importância de um profissional qualificado e especializado: O Líder técnico
Este papel tem enorme relevância no mundo dos projetos de software, será dele as seguintes atribuições:
– Oferecer um arsenal técnico para resolver o problema da melhor maneira
– Ouvir a demanda do cliente junto ao time
– Discutir os detalhes junto ao time
– Enumerar alternativas técnicas
– Possuir bagagem para oferecer as alternativas
– Ouvir o seu time
– Compartilhar conhecimento
Além disso, ter competências como: boas habilidades sociais, facilidade de entrosamento, humildade, traduzir o técnico para o negócio de maneira didática…
Não resta dúvidas, este profissional é essencial em todos os projetos de software.
Espero que você tenha sorte, e possua alguém assim em sua equipe.
Se eu fosse personificar este profissional, eu tenho um nome em mente: Kelver Merlotti:
– Especialista em Desenvolvimento Mobile,
– Servidores de Aplicações
– MVP da Embarcadero Brasil
– Palestrante
– Instrutor
– Consultor
– Arquiteto de soluções
Um profissional que entende o espírito Agile: colaborar + comunicar + trabalho duro + boa vontade + humildade em busca de resultados.
E ainda por cima, um cara super gente boa por nove gerações.

ÁGIL X RÁPIDO

Olá!

Veja que bacana este texto do portal Agile.pub:

Ágil x Rápido

Em minhas andanças pela internet, descobri este pessoal, que possui uma estilo bem bacana, além de excelentes textos.

E esta reflexão em particular muito interessante.

Agile é isso, compartilhar, estudar, aprender, ensinar, pesquisar, discutir, propor, ouvir, trabalhar e claro, entregar valor ao cliente de maneira contínua.