Métodos ágeis – Como podem me ajudar?

Olá

De muitas maneiras?

Mas vamos primeiro aos modelos existentes:

  1. Modelo clássico, baseados em cascata: RUP, PMI: Se você adota este modelo, esta organizado, possui boa documentação e processos definidos. Você esta muito bem;
  2. Modelo ágil, adota por exemplo Scrum XP, FDD ou Kanban e com isso já sente os benefícios, esta num bom caminho, basta continuar melhorando e seguir adiante;
  3. Ausência de um modelo, desenvolvimento orientado por desespero, pressão extrema de clientes, prazos estourados, equipe com baixa moral, sem controle de requisitos, recursos desenvolvidos mas não utilizados, muitas falhas nos softwares, muitas horas extras, etc. O famoso método: Pede aí, faz aí, e seja o que Deus quiser. Você precisa de ajuda AGORA.

O desenvolvimento de software é um processo complexo que envolve muitas variáveis, então um mínimo de organização é necessária. Dentro deste cenário os métodos ágeis podem te ajudar, e muito. Desenvolver software não é apenas programar, outros controles são necessários, outros profissionais, regras, processos, melhoras praticas, etc.

Não importa o tipo de software, plataforma, banco de dados, linguagem, etc, métodos ágeis podem lhe ajudar, basta mudar o comportamento. Olhe os problemas( relacionados ao desenvolvimento) ao seu redor.

Comece olhando o manifesto ágil – http://www.manifestoagil.com.br

E claro, diante da situação de desnorteamento, o desejo de mudança(para melhor) é o mais importante.

Os métodos ágeis lhe ajudam de maneira efetiva à:

  • Gerenciar o escopo
  • Controle das mudanças de requisitos
  • Priorização do trabalho em conjunto com o cliente
  • Comunicação intensa para resolver dúvidas, obter feedback rapidamente
  • Estimar os itens a serem desenvolvidos de maneira coletiva(todo o time)
  • Entregar software funcionando na escala de 1 a 4 semanas
  • Identificação diária de problemas que impedem o progresso do desenvolvimento
  • Mecanismo de retrospectiva que permite melhoria continua
  • Incentiva o diálogo franco entre os participantes
  • Promove visibilidade das metas e o objetivo de entregar valor ao cliente
  • Etc

Não é mágica, apenas precisa entender a filosofia ágil, a questão da confiança, transparência e adaptação, e claro muito trabalho com ritmo sustentável. São dicas simples e regras bem leves.

O importante é ter consciência de que o modelo orientado a desespero, é ruim para todos (cliente, time, gestores, demais envolvidos).

Os métodos ágeis demandam intensa colaboração, comunicação, boa vontade e espírito de equipe. Todos em prol do time, direcionando esforços diários para o produto a ser desenvolvido. Utopia? Para quem ta desnorteado, talvez.

Quer saber mais sobre métodos ágeis? E como eles podem lhe ajudar efetivamente, entre em contato conosco – canaldevbr@outlook.com

Software funcionando e entregar de valor ao cliente é melhor para todos os envolvidos, acredite.